Diário de Pyotr

Desafortunado Giogoto, aplacado por divergencias de dois mundos. Rejeitado pela família de seu pai e temido pelo povo de sua mãe. Talvez este temor seja o único respeito que conseguira ter ao conviver em meio aos Vistani.
Rebento oriundo da tribo Zarovan, tribo esta que infunde um medo e respeito pelas demais tribos de seu povo por ser detentora de grande poder, embora diminuta. Conseguira emplacar uma certa aceitação entre os giorgios apenas por estes motivos, digamos 'hereditários'.
Seu pai, burgues dono de grandes extensões de terras, uma vez se encontrara com uma tribo Vistani. Esta cruzava suas terras quando a carroagem que viajavam quebrara. Fato informado por eles. Sem muitos motivos para expulsá-los imediatamente de suas terras, senão apenas o seu grande preconceito para com tal estirpe, decide deixá-los se recomporem para tomarem rumo novamente. Na verdade tivera receio de ser amaldiçoado por aquela pequena trupe de três ciganos.
Ficara então a observará-los, a distância, durante o decorrer do dia, com a segurança cedida por uma luneta… até que o manto da noite começara a surgir e com ele uma suave neblina. Nos céus, alçava uma bela e respandencente Lua Cheia.
Poucos minutos após o cair da noite, o anfitrião se assombrara, quando um dos ciganos invadira sua casa. Nervosa e olfagante a Vistani balbuceia:
-Eles estão vindo! Fuja! Eles estão… -e saíra correndo mais veloz que pudera, em um transe frenético, pelas plantações e campos iluminados apenas pelo pálido corpo celeste lunar.-

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License